Gestão: substantivoelevado ao bem comum

Gestão: substantivoelevado ao bem comum

Gestão: substantivo feminino. Em empresas, é atrelado à matemática do bem comum. No meio do barulho da pandemia do novo coronavírus, enquanto o clamor da sociedade tem sido (de maneira acertada, aliás) por se preservar vidas, gestão é a palavra cada vez mais repetida por (e para) quem busca preservar sua empresa. Para aqueles que já a tinham como mantra, o caminho sob o mau tempo segue mais claro, por mais feia que seja a tempestade. Já para quem gestão era um tema-de-casa esquecido na gaveta, a corrida agora é para fazer o exercício a fim de não sucumbir com notas no vermelho. É também o momento em que as entidades setoriais precisam se envolver para ajudar os seus – tanto aqueles que sabem o rumo na tempestade quanto os que correm para salvar seu patrimônio. 

No caso do setor aeroagrícola, há dois anos o Planejamento Estratégico do Sindag já havia elegido 2020 como o ano da gestão. Seria o ápice de uma série de ações envolvendo aprendizado a partir de plataformas virtuais – cursos EAD, consultorias via videoconferências e outas atividades, além de elaboração de um aplicativo de controle de custos (que evoluiu para uma ferramenta de gestão de empresa aeroagrícola). Quase todas as frentes em parceria com o Instituto Brasileiro da Aviação Agrícola (Ibravag), entidade criada em 2018 para congregar outros atores desse mercado: fornecedores de tecnologias e serviços, produtores que têm seus próprios aviões e outros.

De todas as ações, uma das mais inovadoras (e quase profética, por chegar justamente agora) abrange, desde o início de maio, as 177 associadas do sindicato aeroagrícola. Trata-se do projeto Mentoria Sindag, que oferece consultoria gratuita às empresas, por 27 profissionais de áreas como planejamento estratégico, gestão de custos, coaching e outras. Todos com experiência nesse tipo de atividade, atuando em consultorias próprias ou junto a entidades como o Sebrae. E prestando voluntariamente esse apoio ao setor.

As ações seguem ainda pelos próximos meses, focando em temas como diagnóstico da situação atual da empresa, planejamento de longo prazo, sucessão familiar, plano comercial,

plano de marketing, desenvolvimento de pessoas, gestão de custos e outros. Para isso, cada um dos consultores recebeu uma lista de cinco a sete empresas, com as quais eles estão trabalhando.

O roteiro abrange diagnóstico, plano de ação, análise dos primeiros resultados e ajustes e planejamento a longo prazo. O empresário e o seu mentor é que definirão qual plataforma usar: se Skype, WhatsApp, Hangouts ou outra. Isso porque o uso das ferramentas de internet, apesar de em alta nesta crise do coronavírus, já estava definido desde o início do projeto – também como forma de otimizar tempo e recursos. Por conseguinte, com indicativos de que essa forma de comunicação deva continuar no pós-coronavírus.

O Mentoria Sindag prevê quatro encontros virtuais mensais. O que não quer dizer que mentorado e mentor não sigam se falando nesse meio tempo – ou após seu término, já que se estabelece, acima de tudo, um laço de confiança. Além disso, a iniciativa está inserida no programa de melhoria contínua da aviação agrícola e, pelo Planejamento Estratégico elaborado em 2018, a qualificação dos gestores segue como meta até 2022.

Um aperfeiçoamento que segue tanto do ponto de vista dos números quanto das pessoas e do papel do setor na sociedade. Aliás, por “sociedade” entenda-se não só o Brasil, já que, se alguém tinha dúvidas até aqui sobre o que significa globalização, a pandemia da Covid-19 esclareceu todas.

Date

12 Junho 2020

Tags

Colunistas, Gabriel Colle

Revista Perfil:

Mais Conceituada do Brasil 


Baixe o nosso aplicativo

 

Entrar em contato

| Revista Perfil - Editorial

| Tapejara/RS

| Praia Brava - Itajaí/SC

| Jardim Paulista - São Paulo/SP

 

Contato:  Revista Perfil     contato@perfilrevista.com.br