Anda sempre (pre)ocupado? Esvazie sua mente

Anda sempre (pre)ocupado? Esvazie sua mente

Como é comum andarmos distraídos pensando em tantas coisas a serem feitas e problemas para se resolver. Por isso cada vez mais pessoas estressadas devido a tanta preocupação. Virou rotina se preocupar, tornou-se comum tentar antecipar o futuro e adivinhar o que pode acontecer. Vivemos nos ocupando daquilo que nem aconteceu ou que, na maioria das vezes, nem vai acontecer.

Reflita sua vida nesse momento. Está funcionando viver dessa forma? 

Não é saudável para a mente viver atribulada com pensamentos ansiosos e de conteúdo negativo. Seu corpo entra em colapso, suas emoções adoecem,sua vida fica chata e cansativa.

Aceitar que tudo é impermanente e está o tempo todo se modificando nos traz mais aceitação daquilo que não podemos mudar e isso nos conforta e traz paz para poupar nossa energia para o que realmente importa.

Tudo pode acontecer dentro de um universo com infinitas possibilidades que vão muito além do que a capacidade limitada da nossa mente de prever as coisas

Grandes decisões na nossa vida nos exigem foco e concentração e isso requer muita energia 

Você está se preparando para esses momentos decisivos de grandes tomadas de decisões na sua vida ou gastou toda sua energia se preocupando?

Então siga essas valiosas dicas para te ajudar a se preocupar muito menos

1) Meditação: a meditação é ideal para reduzir as preocupações do dia a dia, já que ela nos ajuda a desconectar tanto do ruído interior quanto exterior. Além disso, também nos permite mudar nosso foco. O fato de focar a atenção no presente torna possível interromper o interminável ciclo de preocupações relacionadas com o passado e o futuro. Do mesmo modo, a meditação é uma forma de observar como funciona nossa mente e, consequentemente, de aprender os padrões de pensamentos que temos, aqueles rígidos e negativos que eventualmente tomam conta de nós.

2) Planejar um momento para se preocupar: em alguns casos, pode ser muito útil reservar alguns minutos do dia para se preocupar. Planejar em que momento do dia vamos fazer isso e dedicar um tempo para as preocupações é um poderoso exercício que poderá ajudar a gerir melhor essas crenças que ficam dando voltas em sua mente.

3) Fazer exercícios: o exercício ajuda a relaxar, favorece a qualidade do sono, serve como distração para as preocupações cotidianas, aumenta a autoestima e faz com que nos sintamos melhor.

4) Outra da chave para reduzir as preocupações cotidianas é falar sobre elas com pessoas de confiança: pessoas que escutam sem julgar, criticar, e que são capazes de prestar atenção no que você está dizendo sem se distrair. Claro, isso deve ser feito na hora específica que você destinou para suas preocupações.

 

 


Ricardo Frota

Médico pós-graduado em psiquiatria, especialista em comportamento humano. Palestrante Comunicador digital, fundador e CEO da startup "Médicos da Alma'' 

Date

29 Agosto 2019

Tags

Colunistas, Ricardo Frota

Revista Perfil:

Mais Conceituada do Brasil 


Baixe o nosso aplicativo

 

Entrar em contato

| Revista Perfil - Editorial

| Tapejara/RS

| Praia Brava - Itajaí/SC

| Jardim Paulista - São Paulo/SP

 

Contato:  Revista Perfil     contato@perfilrevista.com.br