Fake News – Ameaça para nosso Negócio?

Fake News – Ameaça para nosso Negócio?

O mundo se transformou num palco constante de Fake News. Por consequência, nossa percepção de Notícias Falsas está limitada a seu aspecto de mentira. Todavia, a realidade é mais complexa. Pois, existe inverdade sem ser mentira. E é a essa desinformação oculta que devemos dirigir nossa atenção. Se um presidente americano proclama que o desemprego cresceu enquanto os números oficiais comprovam o contrário, temos o caso evidente de uma mentira clássica. Diferentemente desse fato, ocorre uma“semi-verdade” quando comparamos estatísticas específicas do segmento da saúde entre os Estados Unidos e o Brasil. Exemplo: A taxa americana de recuperação de doentes com câncer grave aparece bem mais favorável do que aqui. Não estranhamos esse fato, pois sempre imaginamos que as circunstâncias lá permitem que tudo seja organizado de forma mais profissional. Porém, olhando para os números com mais precisão isso não ocorre necessariamente. Vamos ver por quê. Os americanos usam um modelo seletivo ao contaros sobreviventes de tratamentos intensivos de câncer. No Brasil, todos os pacientes que entram no hospital são registrados e todos entram no cálculo final. Os colegas americanos também registram todos os candidatos, porém, após avaliação de seu estado eliminam uma parte, ou seja, aquelas que não têm nenhuma chance de cura definitiva. Assim, não surpreende que suas estatísticas de performance sejam melhores, pois estão baseadas num universo numérico seletivo. Isso me lembra da minha primeira aula de estatística quando o professor avisou: “A estatística é a forma mais sofisticada da mentira”. Talvez não seja sempre o caso, mas certamente ocorre mais frequentemente do que seria desejável. 

Outro caso de informação incompleta que requer checagem posterior é o índice de clientes de supermercados na Alemanha que, em recente pesquisa de consumidor, se declararam a favor de alimentos produzidos de forma sustentável. 72% dos entrevistados informam que pagariam mais por um produto com essas características. Numa segunda etapa, a universidade que executou o estudo instalou nos mesmos supermercados câmaras para observar ao longo de meses o comportamento dos clientes entrevistados. Resultado, somente 46% compraram aquilo que tinham declarado como preferencial. Ou seja, o bolso falou mais alto do que a ideologia.O conhecimento dessa discrepância entre teoria e prática é vital para uma estratégia de marketing realista. 

Existem muitos outros casos de ‘verdades relativas’. No entanto, ficou evidente que quando temos que tomar decisões em favor ou contra algum evento que pretendemos realizar, temos que dispor de um conjunto dos dados confiáveis. Esse universo de dados servirá como base para a nossa avaliação definitiva sobre o assunto em questão.

No passado, os profissionais e donos de negócios tinham dificuldade em obter informações suficientes para desenhar seu mapa para a tomada de decisões. Qualquer exercício dessa natureza envolve aspectos como ‘sim ou não”, e caso seja “sim”, as questões de “quanto” e “quando”. Assim, o processo decisório é resultado da combinação de diversos conjuntos de fatores. Hoje, devido à comunicação instantânea, o desfio é o oposto. Temos que montar sistemas de proteção contra a tsunami diária de informações. Filtrar e priorizar dados e recalcular os desvios provocados pelas fakenews (em nosso caso não mentiras, mas verdades incompletas) tornou-se uma tarefa que ocupará cada vez mais atenção e tempo do dono de qualquer negócio. Vamos refletir numa próxima oportunidade sobre como montar mecanismos de avaliação de informações relevantes para a gestão das nossas atividades.

 


Francisco Vila
Formado em economia (Alemanha), administração (EUA) e gestão de projetos (Alemanha). Consultor internacional. Pesquisador modelos de gestão, Consultor de sucessão familiar e Palestrante

 

Date

01 Julho 2019

Tags

Colunistas, Francisco Vila

Revista Perfil:

Mais Conceituada do Brasil 


Baixe o nosso aplicativo

 

Entrar em contato

| Revista Perfil - Editorial

| Tapejara/RS

| Praia Brava - Itajaí/SC

| Jardim Paulista - São Paulo/SP

 

Contato:  Revista Perfil     contato@perfilrevista.com.br