Perfil Cases

Mulheres empreendedoras que nos inspiram!

Nesta edição do Perfil Business Case Mulher a Perfil entrevistou a CEO da CELD, Aline Cristina Dalmolin e a arquiteta Vanessa Cristina Dalmolin. 

Se depender do exemplo delas, vai ser cada vez mais comum encontrar mulheres empreendedoras administrando grandes negócios.

Quem é a Aline e Vanessa nesta caminhada de conquistas, desafios e superações?
Somos filhas do Senhor Ademar Dalmolin e da Senhora Edna Lúcia, nascidas em Itajaí – SC. Dois seres humanos excepcionais, de coração verdadeiro, e raiz humilde que nos ensinaram a ser quem somos. Deles vêm a nossa profunda gratidão pela vida que recebemos e damos continuidade.


Eu Aline, sou uma mulher determinada, criativa e expansiva e essas características determinaram muito o sucesso na gestão da nossa empresa. Amo me auto desafiar e quebrar paradigmas. Sou apaixonada em proporcionar alegria e bem-estar às pessoas ao meu redor, seja através de nossa empresa ou no meu convívio social com parceiros e amigos. Me sinto realizada quando posso contribuir para que as vidas sejam mais leves, mais divertidas e acompanhada de momentos de alegria.
Sou graduada em administração de empresas, formada em Marketing pelo London Institute of Marketing e pela Fundação Getúlio Vargas no MBA em Gestão de Pessoas. Dentre vários outros cursos o autoconhecimento foi o que mais investi nos meus dezenove anos de profissão.

Eu Vanessa sou uma mulher organizada, prática e determinada. Graduada em arquitetura e urbanismo e formada pela Fundação Getúlio Vargas em MBA de Negócios imobiliários e da construção civil. Possuo experiência profissional na construção civil e projetos arquitetônicos e de interiores, e aceitei o desafio de ingressar na CELD no ano de 2019, agregando conhecimento e muito aprendizado na área de marketing e arquitetura no projeto da nova CELD Praça de Esportes.

Quais foram os grandes desafios, por se tratar de uma empresa familiar, falando em sucessão?
Eu Aline recebi o convite do meu pai e do meu tio Sr. Orlando Dalmolin para assumir a empresa Celd, fundada pelo Sr. Sérgio Gotardo, no ano de 2007.

Nessa época, eu ainda morava na Europa onde fiz minha primeira formação em Marketing e adquiri experiência no ramo de exportação e importação. No ano seguinte assumi os negócios da família e ingressei na universidade buscando conhecimento na área administrativa.
Eu era uma jovem empresária, cheia de vontade de conquistar o mundo, porém com nenhuma experiência em gestão. Entrei em um ramo totalmente masculino, o mundo do futebol, sem entender uma regra do jogo, foram algumas noites de choro (risos), mas eu tinha dois grandes mentores ao meu lado, meu pai e meu tio, empreendedor no ramo de reciclagem era um grande inspirador nos meus dias desafiantes.


Os anos passaram e muito se evoluiu e se conquistou. Enfrentamos alguns desafios na gestão entre eu e meu pai. É um desafio nas empresas familiares discernir relacionamento familiar, da postura organizacional.

Em casa somos pai e filha, somos irmãs, na organização somos profissionais que desempenham cargos e seguem políticas, é um desafio diário, e um aprendizado de grande valia.

As constelações sistêmicas de Bert Helinger, nos trouxeram um novo olhar para este sistema familiar e empresarial, tanto que em 2018 aceitei o convite da Revista Perfil para participar do seu programa de Mentoria, ministrado pelo Sr. Francisco Vila e Sr. Valdir Bündchen, pai da Gisele Bündchen. Foi um divisor de águas na minha gestão.

Esses mestres me mostraram como é possível realizar uma sucessão familiar de maneira amorosa e respeitosa, honrando a história daqueles que vieram antes. Também como podemos gerir a empresa conciliando lucro com o olhar humano para as pessoas. Nessa mentoria eu pude acompanhar as novas tendências e iniciar o projeto de expansão da empresa. Quais outras atividades esportivas e de lazer iríamos incluir no nosso mix de serviços? Perguntas assim ecoavam em nossas mentes criativas todos os dias.

Dez anos na gestão da empresa e graças a esse trampolim que a mentoria nos proporcionou, a sucessão familiar ocorreu naturalmente. Muita coisa mudou no mercado e precisávamos acompanhar essa mudança. Foi quando tive a oportunidade de convidar a Vanessa para participar deste novo projeto, nova fase da empresa.


De acordo com os dados do SEBRAE 2020 são cerca de 9,3 milhões de mulheres empreendedoras no Brasil que representam 34% de todos os donos de empresas do país. Essas análises mostram que as mulheres empreendedoras são mais jovens e tem um nível de escolaridade 16% superior comparada aos homens. Como iniciou as suas jornadas na CELD?

Eu Vanessa sou formada em arquitetura e urbanismo há sete anos. Trabalhei em grandes construtoras da cidade de Balneário Camboriú, e adquiri muita experiência em projetos residenciais e comerciais, o que me ajudou a encarar o desafio do projeto da nova praça de esportes de Balneário Camboriú. Aceitei o desafio de ingressar na CELD no ano de 2019, indo trabalhar com o meu pai e minha irmã. Adquiri muita experiência na CELD, principalmente no ramo administrativo, marketing e relações públicas.

A maior experiência que adquiri foi aprender a trabalhar em família, a separar relacionamentos dos negócios e a respeitar a história da empresa. Foi um aprendizado mútuo, de altos e baixos, grandes desafios enfrentados, mas o que nos auxiliou a lidar com a situação foi a visão sistêmica. Através da constelação familiar aprendemos que cada um tem o seu lugar, lá na sua família de origem e na empresa e este é o melhor lugar para se estar.
Hoje, estamos entregando a CELD Praça de esportes com um projeto arquitetônico inovador e cheio de inspirações, para tornar-se uma referência na região.

Eu Aline aprendi muito com a entrada da Vanessa na empresa, principalmente a trazer a Aline espontânea, leve e divertida. Ela tem uma sensibilidade para traduzir em obras nossos sonhos e aspirações de nossos clientes.

A Empresa passou por uma importante reformulação nos últimos anos. De quadras de futebol society para um grande complexo esportivo, hoje denominado praça de esportes para toda a família. Como foi essa ascensão?

Eu Aline, quando assumi os negócios em 2008, o marketing de Nicho era a maior tendência de mercado. Quando retornei ao Brasil decidimos adotar esse modelo de gestão na CELD e focamos nas locações das quadras e em eventos de futebol.

Acompanhando as mudanças de mercado e a necessidade de diversificação da empresa, partimos para a busca do novo modelo de negócio. Olhamos os grandes clubes de lazer, mas não queríamos nos limitar aos ingressos de apenas sócios, buscamos algo para todos. Olhamos para os shoppings, mas não somos lojas comerciais. Olhamos para os bulevares, mas não somos restaurantes. Criamos um local onde todas as tribos apaixonadas por esportes podem se encontrar e aproveitar, em um ambiente aconchegante e acolhedor, a qualidade de vida e o lazer entre os amigos. Onde as crianças podem brincar e praticar esportes como nossa geração brincava nas praças, daí surgiu a Praça de Esportes CELD de Balneário Camboriú.

Eu Vanessa, ao projetar a nova Praça me inspirei em ambientes aconchegantes, remetendo às praças das grandes metrópoles mundiais, e ambientes diferenciados, sempre ouvindo as contribuições dos nossos clientes.


Nossa Missão é conectar pessoas apaixonadas por esportes, gastronomia, vida saudável e lazer em família. Queremos agregar momentos de alegria para as famílias, entregar mais união e esporte a todos, além de proporcionar uma gastronomia de qualidade, contribuir para uma infância saudável e propiciar ocasiões inesquecíveis.

Próximos projetos da CELD?

Nossos próximos projetos são levar a conscientização da saúde para a família, através de campanhas com cuidados do coração, drogas, práticas esportivas para manter a qualidade de vida. Estamos nos reposicionando de forma sustentável no mercado. Adquirindo uma cultura que valoriza a vida, que valoriza o planeta em que vivemos. Toda nossa estrutura possui medidas de sustentabilidade. Como os autores do livro: “Empresas que Curam” definem o novo propósito das empresas: “... não é como Peter Drucker escreveu: ‘Adquirir e manter um cliente’ e não é, como Milton Friedman declarou: ‘ter lucro’. Adquirir e manter clientes e ter lucro são medidas de sucesso importantes que, muitas vezes, são confundidas com propósito. O propósito de um negócio, agora mais do que nunca, deve ser aliviar sofrimento e aumentar a alegria, atendendo as necessidades de todos os interessados, incluindo colaboradores, clientes, comunidades e meio ambiente.”

Com suas experiências no mundo do empreendedorismo e business. Quais as dicas para as mulheres que almejam se tornar empreendedoras de sucesso?

A igualdade de gênero e o empoderamento de mulheres e meninas no Brasil faz parte dos 17 objetivos sustentáveis e audaciosos que a ONU trabalha para atingir em nosso País e no mundo até 2030.
Eu Aline trabalho com o público masculino desde os meus 24 anos, e a maioria de nós mulheres enfrentamos esta realidade no mundo dos negócios. Eu diria que esse empoderamento feminino deve buscar a igualdade de gênero e não a competitividade de gênero. Muitas vezes nós mulheres, por “n” fatores, adotamos posicionamentos de mulheres totalmente independentes e autossuficientes nos negócios e na vida pessoal e isso pode ser prejudicial em alguns aspectos de nossa jornada.

Nutrir nossa conexão com a verdade espiritual é um ótimo investimento no empoderamento feminino.

Nós viemos de uma cultura machista na qual carregamos memórias de nossas antepassadas de submissão, humilhação, abusos, etc. Com o desenvolvimento espiritual, a busca pela verdade, vem a liberar muitas de nossas memórias, trazendo-nos relacionamentos harmônicos com todos ao nosso convívio social e familiar. Quando conscientes do ser espiritual que somos, os relacionamentos saem de uma postura de oposições e conflitos, em que um é mais forte e o outro é mais fraco, e passam para uma postura de ajuda mútua, de união e cooperativismo.


O autoconhecimento é fundamental para que nós mulheres possamos crescer como empreendedoras e assim completar o nosso caminho de volta a nossa alma feminina.



Fotos: Camila Carniel Fotografia

Rua Edgar Linhares, 467 - CEP: 88336-210 - Balneário Camboriú, SC
Fone (47) 3363-8296
Instagram: @oficialceld
Face: Celd Futebol

 


PERFIL BUSINESS CASE MULHER
CELD PRAÇA DE ESPORTES

Revista Perfil:

Mais Conceituada do Brasil 


Baixe o nosso aplicativo

 

Entrar em contato

| Revista Perfil - Editorial

| Tapejara/RS

| Praia Brava - Itajaí/SC

| Jardim Paulista - São Paulo/SP

 

Contato:  Revista Perfil     contato@perfilrevista.com.br