ptendees

Blog Perfil

Alta Performance X Saúde Mental

Até onde somos capazes de ir para ultrapassarmos os limites do nosso próprio corpo, quando ele já está pedindo uma pausa?

Quantas vezes não temos uma atitude inteligente de parar, porque achamos que o nosso corpo dará conta de tudo? Quantas pessoas hoje estão doentes mentalmente, porque não respeitaram os seus limites e nem ouviram os sinais do próprio corpo?

Durante as Olimpíadas em Tóquio, a favorita à medalha de ouro na ginástica feminina, desistiu da competição final de equipes, dizendo que precisava cuidar da sua saúde mental. Simone Biles, uma atleta extremamente pressionada pelo seu favoritismo tem muito a nos ensinar com essa atitude. A pressão por resultados, muitas vezes pode ser positiva e até impulsionar alguém a chegar cada vez mais longe. Mas, em casos extremos, pode gerar até exaustão, prejudicar o nosso organismo e nos obrigar automaticamente a parar, porque o corpo já não responde mais sozinho.



Simone optou por sair, pois sabia que se continuasse iria se machucar. Ela disse que sabe que já não é mais tão jovem e também já não confia mais tanto nos seus próprios movimentos. A ginástica olímpica é um dos esportes que mais exigem concentração e equilíbrio entre corpo e mente. Se a mente não está bem, os movimentos não serão precisos, e o atleta ainda corre o risco de sofrer um acidente que pode não só destruir uma carreira, mas também uma vida. Simone tomou uma decisão sábia, ela conhece a si mesma, e soube pisar no freio antes que algo pior acontecesse. Agora, você já parou para pensar que decisão difícil ela teve que tomar? Quanta coisa ela teve que abrir mão depois de tanto treino, para chegar a tomar essa decisão? Quantos atletas passam e passaram por isso e nunca tiveram a coragem de se expor? Quantos profissionais passam por isso, e não se abrem, até chegarem ao ponto de adoecerem?

Muitas vezes nos cobramos tanto para sermos perfeitos, darmos conta de tudo e ainda sermos produtivos o tempo todo, como se fossemos super heróis capazes de dominar todas as situações, todos os assuntos e tudo o que acontece a nossa volta. A questão é que, cognitivamente, é impossível para o nosso cérebro dar conta de tudo, e com o passar do tempo, vamos nos desgastando, e nossa saúde mental vai sendo totalmente abalada.

A verdade é que assim como fez Simone Biles, muitas vezes temos que dar um passo para trás, para podermos avançar. E quando se trata da nossa mente, é preciso lembrarmos que somos humanos, e que parar às vezes, também é necessário.
Apesar dos avanços tecnológicos existentes em tantos aspectos, nosso corpo ainda é o mesmo, e ainda funciona da mesma forma. É como se literalmente fossemos uma máquina, precisando que todas as engrenagens funcionem juntas, e quando uma delas falha, as demais são diretamente atingidas. Por isso, antes de se cobrar tanto, de forma exagerada, procure observar se você não está ultrapassando os seus próprios limites.

Para ter alta performance você não precisa prejudicar sua saúde, e para ser produtivo você não precisa estar ocupado 24 horas. Lembre-se, saúde é um completo estado de bem-estar físico, mental, espiritual e social, e sem saúde não somos nada. Por isso, respeite o seu corpo, e cuide da sua saúde em primeiro lugar. Tenha certeza de que, quanto mais você fizer isso, mais sucesso você terá.

 


Aline Morandi

Blog & Cases

17 Dezembro 2021
17 Dezembro 2021

Revista Perfil:

Mais Conceituada do Brasil 


Baixe o nosso aplicativo

 

Entrar em contato

| Revista Perfil - Editorial

| Tapejara/RS

| Praia Brava - Itajaí/SC

| Jardim Paulista - São Paulo/SP

 

Contato:  Revista Perfil     contato@perfilrevista.com.br