Blog Perfil

Como combinar cores no seu ambiente!

As cores têm forte poder na nossa percepção do ambiente.

Elas estimulam os nossos sentidos e podem promover diversas sensações, pois criam diferentes atmosferas, alteram visualmente as proporções, aquecem ou esfriam ambientes, valorizam ou criam centros de interesse.

Quando se fala de cores, o mais importante é imprimir o seu gosto. Tem quem goste de ambientes mais coloridos, e quem prefira os mais neutros. Tem apenas uma regra: para onde você olhar tem que ser agradável. A verdade é que existem cada vez menos regras de decoração neste sentido, e as que existem podem ser quebradas, tudo depende de sua intenção.

Outra questão importante é que a utilização das cores não precisa ser de forma literal em pintura ou tecidos. Ela está presente em todos os elementos. O verde na vegetação, o vermelho alaranjado na madeira, ou o acinzentado e azul do concreto.

Entenda como as cores se organizam:
O círculo cromático é representação simplificada pelas cores vistas pelo olho humano, com as cores primárias, secundárias e terciárias. Dividem-se em cores frias - tons azulados, esverdeados ou acinzentados - e cores quentes - laranja, amarelo, vermelho. De maneira geral, as cores quentes estimulam, enquanto as cores mais frias tranquilizam.

Explore possibilidades de combinações!
Combinações análogas ou monocromáticas: Consiste em utilizar cores que estão próximas umas das outras no círculo cromático, na mesma paleta de cores, o conhecido “tom sobre tom”. Tem menos contraste entre elas, o que tende a deixar o ambiente mais aconchegante e sóbrio.
Combinações Complementares: Utiliza cores contrastantes entre si, o que confere uma boa dose de energia para os espaços e podem criar uma relação super interessante. Essa mistura não precisa ser literalmente por cores, mas pela tonalidade de elementos - Madeira alaranjada, quente, com o concreto, mais azulado, frio. Um exemplo de combinação complementar e super utilizada. Assim, podem ser feitas mais possibilidades de combinação, utilizando extremidades opostas do círculo.

Dicas práticas:
Defina uma paleta de cores para guiar a decoração dos ambientes de modo a garantir a harmonia do conjunto;
Dialogue a paleta com seu estilo de decoração e veja quais tonalidades eles te convidam a usar: A decoração rústica com tons terrosos, a clássica os tons mais claros, e a industrial os tons mais escuros, por exemplo;
Para ampliar ambientes pequenos a regra geral é usar cores claras. As cores escuras tendem a diminuir o ambiente;
Quem pretende ousar com matizes mais fortes ou vibrantes deve escolher a parede principal do ambiente – como a que fica de frente para a porta da entrada, que chama a atenção – e evitar destacar paredes recortadas.

 

Blog & Cases

02 Julho 2021
29 Abril 2021
25 Fevereiro 2021
25 Fevereiro 2021

Revista Perfil:

Mais Conceituada do Brasil 


Baixe o nosso aplicativo

 

Entrar em contato

| Revista Perfil - Editorial

| Tapejara/RS

| Praia Brava - Itajaí/SC

| Jardim Paulista - São Paulo/SP

 

Contato:  Revista Perfil     contato@perfilrevista.com.br